O Upcycling é o processo de transformar matérias já existentes em novos produtos com maior valor agregado. Essa tendência caminha junto com o desejo das marcas em produzir algo sustentável e com responsabilidade com o meio ambiente.

Como funciona o processo?

No mercado, as indústrias buscam cortas os tecidos com uma eficiência maior, o que significa aproveitar o máximo de tecido para que não hajam sobras. Para isso, as fabricas se utilizam de máquinas que calculam e cortam os tecidos, chegado a desperdiçar algo em torno de 12% do tecido. Toda sobra industrial acaba indo para aterros, ou ainda são reaproveitados dentro das fábricas. As marcas que trabalham com o upcycling recuperam em diversas fábricas esses “restos” e criam os novos produtos.

Mas não basta só reaproveitar

O upcycling também prega o uso inteligente de recursos, ou seja, economia de agua e  energia são essenciais para o sistema. Para produzir sua coleção, a estilista estoniana Reet Aus desperdiça 40% menos que uma fábrica normal, economiza 70% em água, aproximadamente 60% de energia por peça.

Quem faz?

Acorda – Marca com pegada étnica foi criada a dois anos pensando no upcycling de acessórios.

Re-Roupa – Comandada pela estilista Gabriela Mazepa que ganhou o British Council Fashion Awards representando o Brasil em 2009.

Renata Buzzo –  Produz peças vegan, feitas a mão, sem desperdício e claro, upcycle.

Comas – Comandada pela  estilista uruguaia Agustina Comas, a marca produz a partir das camisas masculinas.

Gostou?

 

 

 

 

 

Author

Write A Comment