As jarreteiras são peças da indumentária feminina e masculina que são usadas para segurar as meias. Durante muitos e muitos séculos, a peça foi usada não só no joelho mas também na cintura. Jarrete é a parte posterior do joelho. Em 1347 o rei Eduardo III dançava com a condessa de Salisbury, durante os movimentos a nobre deixou cair uma de suas jarreteiras na cor azul. O rei imediatamente abaixo e apanhou a peça, ao devolver a condessa olhares maliciosos foram trocados entre os nobres. Nesse momento o Eduardo III diz: “honi soit qui mal y pense” ou em português “envergonhe-se que disso pensar malícia”. Vale lembrar que nessa época o francês era a língua oficial da corte inglesa. Com isso, o rei coloca em sua perna esquerda a peça e funda a “Ordem da Jarreteira” para completar o feito, Eduardo III também decreta que apenas os nobres tivesse honra poderiam participar da ordem. O rei Henrique VIII reformulou estatuto em 1522 e designou São Jorge como protetor da ordem. Somente 26 membros fazem parte da Ordem, e o chefe é o soberano ou a soberana acompanhado pelo príncipe de Gales.

 

 

 

Author

Write A Comment