Categoria

Sem categoria

Categoria

Em 2016 durante um curto intercambio, fui incentivada pelos meus amigos a escrever um blog. Um local em que eu pudesse compartilhar tudo o que coubesse na minha imaginação e meus conhecimentos de moda.  Como sou grata a eles que me incentivaram a escrever, fizeram o primeiro design do blog e me deram a força necessária para começar.

Na verdade, o que eu nunca falei é que escrever é uma necessidade que sinto todos os dias, mesmo quando paro de blogar. Aliás, o Poá não foi meu primeiro blog mas, com certeza foi a minha escola de vida.

Sem perceber o Poá Amarelo ganhou novas dimensões:  eu aprendi e amadureci muito nesse processo.

Quando eu comecei, eu era uma garota insegura com medos e muitos desafios pela frente. Não era fácil me expor, mas ao mesmo tempo era tão natural escrever meus artigos, publicar e desenvolver uma relação com os leitores que isso me fazia seguir em frente. Quem via o Poá logo no começo não sabia muito bem quem eu era visualmente, mas, me conhecia pelos textos que eu escrevia. Com o tempo passei a ter mais coragem e mais certeza do que eu fazia. Não demorou muito para o blog se tornasse algo muito maior do que eu esperava: ele virou apoio para o meu mestrado. E com isso, inaugurei uma nova fase nele, textos mais específicos nos quais passava a ideia de que a moda é para todos. Inclusive essa é a minha plataforma de vida. Acredito que todos devem ter acesso a moda e experimentar tudo sem que os rótulos pré-fabricados sejam empecilhos. No Poá Amarelo sempre foi assim: use aquilo que te faz bem e não aquilo que é imposto pelos ditadores de tendência.

Depois que conclui o mestrado continuei a produzir novos conteúdos e mergulhei com cautela no YouTube.

Ainda insegura comecei a produzir vídeos sem aparecer apenas para mostrar dicas e tutoriais com conteúdos diferentes. Peguei gosto pela produção de conteúdo no youtube mesmo assim resisti por um tempo. Em 2018 mais segura e mais mulher decidi aparecer, vocês puderam conferir mais fotos minhas, vídeos e vlogs. Apareci, cresci e desapareci. Logo no começo desse ano senti a necessidade de tirar férias, rever as prioridades do blog e da vida.

Mais uma vez a vontade de blogar tomou conta de mim

Virei conteudista de outro blog como colaboradora, o que me fez sentir mais vontade de voltar. Escrevi sobre outro tema que conhecia muito bem: comunicação. Mas, não era isso que fazia meus olhos brilharem.

O Poá Vai acabar?

As sábias palavras dizem que “Todo fim é um novo começo” e por isso decidi recomeçar. Recomeçar é uma palavra que no meu dicionário está em alta, afinal de contas Renata significa “renascida” talvez por isso, recomeçar para mim é tão natural.

Mas, esse recomeço é algo totalmente diferente, o renataesteves.com surge com a intenção de trazer a você minha essência total, quero que você me conheça por um todo, que veja minhas opiniões, meus truques e dicas enxergando a verdadeira Renata.

Esse é um processo de amadurecimento, trazer à tona Renata e parar de me esconder por trás de um nome.

O Poá Amarelo foi e é extremamente importante para minha vida, porém, chegou a hora de descansa-lo e expor Renata Esteves para o mundo.

Neste novo blog você continuará encontrando conteúdos de moda, arte, beleza e verá também lifestyle. 

Você sempre poderá encontrar o Poá Amarelo, mas novos artigos estarão no Renata Esteves.

Para terminar gostaria de agradecer a todos que estiveram aqui comigo durante esses três anos lindos. Período em que vi tantas mudanças e senti o carinho de todos. Espero vocês no instagram, facebook, blog e por que não no Youtube?

A todos a minha imensa gratidão!

Novos Contatos:

www.renataesteves.com

Instagram: @8renataesteves

Apontado como primeiro jornalista de moda do mundo Jean Donneau de Vise ( 1638 –1710) fundou em 1672 o “Mercure Galant” um periódico voltado a divulgação de artes, teatro e literatura. O jornalista era considerado na época o “historiador do rei” pois, a revista divulgava informações de moda, dos bons costumes segundo o rei e a luxuosa vida na corte.
O Mercure Galant incluía também uma sessão de dedicada a letras de músicas e fofocas. A contribuição do francês para o jornalismo de moda foi a introdução de comentários sobre o tema e de estações de moda.
De Vise é também o autor do “Nouvelles galantes et comiques” , notícias galantes e cômicas em tradução livre, uma coletânea de novelas curtas.

Hoje é o dia do amigo e não podia deixar batido, afinal esse ano eu ganhei tantos amigos novos e fortaleci outras amizades. Confesso que os últimos meses tem sido difíceis, com algumas perdas mas vidas novas chegando. O que faz o dia do amigo tão especial? Será que valorizar todos os dias as pessoas ao nosso redor e ser empático com elas não é uma forma de celebrar as amizades?

Conta a história que o surgimento do dia da amizade é recente,  em 1958 o médico paraguaio Ramón Artemio Bracho teve a ideia de fazer a Cruzada Mundial da Amizade, uma campanha a favor da valorização e realce da amizade entre pessoas do mundo todo.  A data adotada pelos países da América do Sul é 20 de julho.  Já nos Estados Unidos e na Ásia a comemoração acontece no primeiro domingo de agosto e  é costume a troca de cartões entre amigos.

Apesar de não termos no Brasil o costume de trocar cartões, quero celebrar aqui meus amigos e você leitor, que se torna cada vez mais um grande amigo! Muitas vezes as amizades são inconstantes, o tempo e as fatalidades atuam sobre elas. Mas sempre existe aquela mão nos tempos difíceis, as risadas nos tempos bons, o apoio a compreensão, e o puxão de orelha quando estamos errados. Ser amigo é mais do que estar presente nas festas, no bar no sábado ou no churrasco do domingo é amar ao outro como a si mesmo. E quem sabe aquela mão estendida a você não precisa de ajuda também?

Obrigada amigos!

 

No mês passado recebi o convite da professora Maria Adelina Pereira para ministrar uma palestra na Fatec em Americana e ontem,  dia 06 de março, foi a data em que apresentei minhas pesquisas do mestrado somado a vivência on e offline  para abordar moda e comunicação.

Vivemos em um tempo que a profissão de moda vai além do estilismo, criação, Styling, figurino e modelagem, o mercado precisa de diversos profissionais formados em moda para atuar  no marketing, em compras, áreas administrativas, indústrias têxteis, entre outras e comunicação de moda está nesse mercado. Ela vai além dos blogs e revistas, está nas assessorias, nas lojas, grupos de moda, mídias sociais e claro na imprensa divulgando, informando e apresentando ao consumidor/leitor um mundo de possibilidades.

Essa oportunidade me deu a chance de conhecer e trocar experiências com quem está entrando no mercado, ou já atua nele e de aprender com todos. Quero aproveitar e agradecer ao alunos e a professora Maria Adelina mais uma vez, conhece-los foi um grande prazer e a troca entre nós algo inesquecível!

Obrigada!

O papel de mestre-sala e porta bandeira surge na história do nascimento das Escolas de samba no século XX, quando os dois haviam nomes de porta estandarte e baliza. O baliza tinha o dever de proteger a porta estandarte para que ninguém roubasse a bandeira da escola, o que acontecia frequentemente no encontro de escolas rivais. Com a evolução dos desfiles e do carnaval o papel do casal evoluiu e tornou-se um dos mais importantes : o de representar e apresentar o Pavilhão da Escola como um todo, tendo como peso 40 pontos o que significa 10% da nota total do desfile, um grande peso para o resultado.  A dança executada pelo mestre sala nada mais é do que uma encenação de uma conquista, ele corteja a porta bandeira durante todo o desfile, já a porta bandeira se insinua e recua o tempo todo travando na avenida o jogo da conquista.
A dança é julgada segundo os critérios: passos e características próprias, harmonia, movimentos coordenados e adequação da roupas do casa.

Ler revistas de moda, entrar em blogs e sites são passos essenciais para saber o que é tendência. Mas, nada como uma boa volta nas lojas para saber o que você realmente vai usar. O papel da loja não é só do consumo, mas também de trazer aquela tendência da passarela, muitas vezes conceitual, para o real. Quando uma peça aparece fortemente nas araras quer dizer que vai pegar. Esse trabalho é divertido, eu confesso adorar um shopping, e por isso eu conto a partir da minha observação 2 casacos que você usar na próxima estação.

Bomber Jack : nos falamos sobre ele aqui e eiu pude notar que ele ocupa as araras das lojas em diversos materiais e estampas.

Onde encontrar?

 

Casaco militar: Outra tendência importada do ano passado, agora o verde oliva ganha também patches, aplicações e muita rebeldia. Destaque para as Parkas.

Onde encontrar?

 

 

Recentemente a Pantone, uma empresa que  é a responsável por um sistema organização de cores homônima, divulgou as 10 cores que serão mais usadas na primavera 2017 com base nos desfiles da semana de moda de Nova York primavera 2017. Se você perdeu o resumão da semana clique AQUI e veja mais.

Vamos as cores:

  1. Niagara – um azul denim que dominou as passarelas.

p01

 

2. Primrose Yellow – Amarelo vívido.

p02

3. Lapis Blue – O nosso azul bic um pouco mais fechado.

p03

4. Só deu ele o laranja , ou Flame, que literalmente incendiou as passarelas.

p04

5. Island Paradise pode ser descrito com um azul água com maior intensidade.

p05

6. Um tom mais pálido seria a descrição de Pale Dogwood, um rosa bem leve quase um tom de nude.

p06

7.   Greenery é um verde vibrante.

p07

 

8. E o pink voltou com o nome Pink Yarrow.

p08

9. A onda saudável invadiu as passarelas como verde couve ou Kale.

p09

 

10. Um nude pálido ou avelã – o Hazelnut aparece bem clarinho.

p10

 

 

Quais suas cores favoritas?

renataesteves (2)