Categoria

Poá Help: Quero ser Blogueira

Categoria

Nessa etapa, você já escolheu o tema do seu blog, o nome , já o colocou no ar  e tem ideias para seguir em frente. Você já sabe também como escolher suas imagens. E por isso chegou o momento de pensar no texto. Se a imagem é a ilustração do que você fala, o texto é a alma do post, sem ele não é possível sustentar suas ideias.

Who, What, Why, When, Where e How.

Para  construir qualquer texto é necessário responder a essas questões:

Who – Quem? Quem fez a ação ou quem foi parte dela.

What – O Que? O que aconteceu?

Why – Porque?

When – Quando?

Where -Onde? Local do acontecimento

How – Como? Como o fato ocorreu?

Exemplo fictício:

 Netflix divulga data de estreia da 8ª temporada

A Netflix divulgou um vídeo na internet informando a data de estreia da oitava temporada da sua comédia XYZ. O seriado reestreia na grade do streaming na quarta feira 24 de janeiro.

Respondendo as perguntas:

Who – Quem? A Netflix

What – O Que? divulga data de estreia da 8ª temporada

Why – Porque? estreia da oitava temporada da sua comédia YY / o seriado reestreia na grade

When – Quando? quarta feira 24 de janeiro

Where -Onde? na internet

How – Como? um vídeo na internet

Essas perguntas servem para mapear texto e te ajudar a montar um esquema de escrita pensando em uma introdução, um desenvolvimento e uma conclusão. Não importa o tamanho do texto, para escreve-lo é necessário essa reflexão. Com o tempo seus textos passam a ficar automáticos e escrever se transforma em algo mecanizado, porém extremamente prazeroso.

 

Como encontrar assunto?

Você deve estar pensando Renata, eu sei meu tema de blog mas como eu faço para encontrar assuntos para abordar dentro dele? Minha dica aqui é: pesquisa. Pesquise em sites, blogs, revistas, livros sobre o que falar. Depois, comece uma pesquisa mais intensa pela informação.

Exemplo fictício:

Bolsas feitas a mão.

A primeira coisa a fazer é buscar o que você já tem, algum livro de moda, alguma revista e procurar no google termos que possam encontrar o tema: ” bolsas de couro, bolsas manuais, produções de bolsas”, se você falar outra língua pode pesquisar com termos semelhantes. É importante também olhar em sites de museus. Após coletar as informações, chegou a hora de montar seu texto. Responda perguntas e depois molde seu texto com sua voz, ou seja o seu jeito de falar e escrever para que seu texto tenha seu jeito.

Eu tenho o assunto e quero escrever a partir da minha opinião

Renata, eu quero falar sobre um produto / serviço / uma experiência que eu tive. Para esse tipo de texto tente pensar na dúvida que sua leitora pode ter. Se é sobre um batom, por exemplo, ela pode ter dúvida sobre o preço, o cheiro, consistência, embalagem, duração. Além disso, pense em comparações entre o que a fabricante promete e entrega, onde encontrar. O ponto chave aqui é serviço: você está entregando um serviço ao seu leitor. Outra sacada é pensar no por que você comprou o produto, por que você amou ou odiou, se compraria de novo. Tente dar a sua experiência.

 

A melhor dica que eu posso te dar é: A prática leva a perfeição. Por isso, escreva muito.

 

 

 

 

O post de hoje deveria se chamar “operacional que esquecemos as vezes”, isso porque quando começamos a ter a ideia de abrir um blog as opções são tantas que nos deixam meio atordoados. Por exemplo, ir para uma hospedagem gratuita ou uma paga? Ter um domínio próprio? Por onde começar? Quem pode ajudar?

Blogger

Serviço oferecido pelo Google, o Blogger é gratuito e permite que você utilize seu próprio domínio. Para usa-lo não é necessário conhecimento técnico em programação e existem diversos templates gratuitos para você usar no blog. Ao mesmo tempo, não é possível criar emails com o seu domínio, ou seja @seudomínio, e existem mais restrições para hospedar arquivos.

WordPress

O WordPress é uma plataforma chamada de open-source, ou seja um modelo de desenvolvimento que promove um licenciamento livre para o design ou esquematização de um produto, permitindo que outros desenvolvedores disponibilizem códigos para download e aplicação. Precisa de um Exemplo? os Plugins, que adicionam recursos a sua página, seja a visualização do Instagram no site ou ainda medir a audiência do blog.  Apesar de existir um WordPress.com, que funciona gratuitamente para hospedar seu blog, os melhores recursos estão no WordPress.org. Para usa-lo você precisa de um domínio registrado, uma hospedagem. Você registra seu domínio, hospeda em um site e faz download do WordPress.org. Parece complicado, não é, só precisa de paciência e muito amor! É necessário um pouco de conhecimento técnico de programação. Mas, a boa notícia é que existem temas para WordPress com guias, ou seja, ele mesmo te ajuda a programar seu site.

Domínio?

O domínio é registro do nome do seu site,  exemplo: www.seudominio.com ou www.seudominio.com.br.  A vantagem de registrar o domínio do seu blog é saber que ninguém mais vai usar aquele nome na internet, ter emails @seudominio, ter maior alcance e credibilidade. Já imaginou se uma grande empresa entra em contato com você e te manda o site dela  assim: www.grandeempresa.blogdaqui.br . Você acreditaria nela?  E se ela mandasse www.grandeempresa.com.br? Pois é, aqui está a credibilidade.

Hospedagem?

Para explicar a hospedagem vou utilizar uma metáfora: o site é a alma e a hospedagem é o corpo. Você vai colocar aquela alma em corpo para ela existir. Se um dia você quiser, pode alterar o corpo e preservar a alma.  Existem diversos preços e tipos de hospedagens, estes são alguns sites a pesquisar: KingHost, Hostgator, GoDaddy, Hostnet.

E ai o que eu faço?

Essa é uma pergunta capciosa e te digo porque: se você pretende que seu blog seja profissional, eu te indicaria pesquisar melhor descobrir mais sobre hospedagens e domínios. Mas, se você por acaso tem interesse apenas em entrar para o mundo dos Blogs como experimento, eu te indico começar pelo Blogger e se sentir mais confiança ir para uma hospedagem paga. Sempre é legal pensar em registrar o nome do blog, vai que alguém decide abrir um blog com mesmo nome que o seu.

 

Semana que vem tem mais! E vamos falar sobre TEXTOS!

 

 

Segundo o dicionário, a palavra Imagem se refere a: Representação de pessoa ou coisa. /  Representação (no espírito) de uma ideia. Dito isso, preciso te dizer que as imagens não só ilustram sua publicação, como são o complemento do seu texto. Elas podem representar e ilustrar aquilo que você fala, por meio do texto, podem inspirar seu leitor e trazem um descanso entre as linhas.  Muitos especialistas em marketing e em blogs dizem que a cada 150 palavras você deveria inserir uma imagem, se você está pensando quando saber que escreveu 150 palavras as plataformas de blogs possuem  uma ferramenta que faz essa contagem de forma visível,  no canto ou abaixo do quadro de escrita.

Produzir ou não Produzir: Eis a questão!

Se por um lado entregar imagens lindas de bancos de imagens dão um ar bem profissional ao seu blog, por outro conteúdos exclusivos demandam  uma produção própria, afinal de contas você está produzindo algo que é só seu. Um conselho: use algumas imagens de bancos de imagem e produza aquelas que se relaciona com o seu universo. Assim, cada vez que o conteúdo gerado por você for de sua propriedade intelectual o leitor passar a identificar. Outra dica: manuais de estilo, de decoração pedem muitas imagens e por isso uso do Pinterest é uma boa.

 

Bancos de imagens:

Existem bancos de imagens pagos como: Shutterstock , iStock , Getty Images.

Mas se não dá para investir uma grana, existem milhares de bancos de imagens gratuitos, vou te indicar alguns dos meus favoritos:

Celular?

As vezes quem está começando um blog ainda não tem condições de investir em equipamentos profissionais como câmeras, iluminação, microfone e cenário. Por isso, o celular é uma ferramenta que te ajuda nesse momento. É possível fazer suas fotos com celular, você precisa ficar de olho na composição, na harmonia e no seu feeling. Preste atenção na resolução da câmera e do ambiente. Para quem está começando a dica é: escolher um local em que haja uma boa  iluminação e que você consiga tirar foto sem precisar de iluminação artificial. Com tempo, você fica craque e consegue fazer outras fotos com iluminação artificial.

 

Semana que vem vamos falar sobre plataformas para você hospedar seu blog!

 

 

 

 

 

 

 

 

Quando eu decidi abrir o Poá Amarelo tinha uma vontade enorme de dividir conhecimento, ideias, sonhos e por que não a vida com vocês. Alguns meses depois, eu estava me especializando em mídias, marketing e comunicação em geral. A vida como blogueira exige mais do que persistência, é necessário trabalhar muito, pesquisar muito, buscar ideias, se reinventar e muito mais. Tudo faz sentido quando você recebe um e-mail de uma leitora compartilhando uma história, fazendo alguma pergunta, pedindo uma ajuda. E é nesse momento em que tudo aquilo que você faz torna-se real. Ser blogueira vai além do glamour, é uma vocação e uma vontade enorme de descobrir a internet.

A partir de hoje, vou compartilhar com vocês algumas dicas sobre blogs, para te incentivar a ter o seu! Vamos começar?

Escolhendo o nome:

O nome é a alma do negócio, literalmente e por isso escolher é tão difícil. A dica aqui é fazer uma lista de ideias, nomes, apelidos, junções de termos até encontrar a melhor opção. Vale tudo, escreva sem medo tudo o que vier a cabeça, mesmo que não faça sentido. Busque termos na internet, pense em tudo o que você gosta, seu nome pode estar no meio do caminho.

Domínio?

Depois de ter quebrado a cabeça para encontrar o melhor nome, eu sugiro que você entre no Registo.br para descobrir se ele está disponível. Além dele, você deve buscar no NameChk. O NameChk é um sistema de buscas que descobre se o nome que você quer registrar está disponível nas redes sociais. Ele pesquisa o usuário em mais de 120 sites, incluindo WordPress.

De qual tema você quer falar?

Para definir o tema do seu blog, você deve pensar naquilo que você gosta de falar, do que você quer tratar, qual o assunto que te move. Aqui vão algumas perguntas para te ajudar:

  • O que é interessante para você?
  • Quais são os assuntos que você tem curiosidade ?
  • Sobre o que você sabe falar?
  • Sobre o que você gosta de pesquisar na internet?
  • Quais são suas habilidades?
  • O que você divide com seus amigos?

 

Semana que vem vamos falar sobre a importância da imagens!