Categoria

Especial

Categoria

Eu gostaria de dizer que estava no Alasca, em Reykjavík ou ainda em Paris me aventurando como Carmem Sandiego, com um belo salto, capa vermelha e ideia diabólicas. Mas a verdade é a que vida nos apresenta momentos de som e de fúria, em que as coisas não parecem ter sentido, foi assim que fiquei alguns dias em  falsas férias.

O tempo é  sábio e capaz de curar e eu precisava dele para pensar. E pensar sobre o blog e todo o universo dele. Desde o começo, quando o Poá Amarelo não tinha nome e eu estava conversando com minha fada madrinha e designer Lari por horas sem parar da ideia,  ele  deveria ser um espaço de troca entre nós. O Poá evoluiu, cresceu e conquistou muitas coisas. E por isso eu precisava evoluir também. Como? Com conteúdos mais autorais e que englobem meu universo, com mais do que moda e beleza  Afinal de contas eu sou: uma apaixonada pelas palavras e livros, pela música, por viagens e claro a moda. Mas ao invés de falarmos de segunda a segunda só sobre moda vamos abrir e ampliar nossos horizontes.  E que tal você sugerir a próxima pauta? Esse também é o propósito do blog : inserir todo mundo.

Por isso a partir de julho começamos uma nova fase!

Algumas coisas importantes:

Todos os domingos continuamos com as colunas da Voo Livre.

Você sugerir a pauta que ver aqui no contato@poaamarelo.com.br

Você pode se inscrever nas nossas mídias para ficar sabendo de todas nossas novidades:

Facebook: https://www.facebook.com/poaamarelo/

Instagram: https://www.instagram.com/poaamarelo/

Você pode ser notificado toda vez que um post for ao ar – é só se inscrever aqui no blog na lateral.

E por fim, preciso pedir um favor! Comentem aqui ou nas redes, para que eu tenha um feed back de você. Sua opinião é muito importante para mim!!!!!

 

No final de abril inspirada pela Semana Fashion Revolution, eu decidi ficar 30 dias usando 30 peças escolhidas no guarda-roupa. Essas peças deveriam ser combinadas e recombinadas até os 30 dias acabarem. Hoje, eu completo o trigésimo dia e eis o que me aconteceu:

Fiz as pazes com algumas peças

No começo do desafio eu selecionei algumas peças que eu tinha um certo bode mas, o que eu não contei é que algumas outras selecionadas eram também peças que eu tinha uma certa implicância. É o caso da camiseta preta, a sexta da foto a cima, que eu amava o desenho mas eu não usava muito ela. Nesses 30 dias ela virou meio uniforme, e eu usei até não poder mais.

Peguei Bode de outras

Outras peças eu usei tanto que no final do mês não consegui nem ver! Aliás, acho que vou ficar um mês para desbodear!

Percebi que tinha muita roupa parada

Minhas escolhas para os 30 dias me mostraram que eu estava com um guarda roupa lotado e com muita coisa parada. Por isso, no final de semana fiz uma limpa no armário e reduzi minhas roupas.

Sofri com um sapato

Quando eu escolhi os calçados eu vi um lindo mocassim caramelo e pensei que ele era tão lindinho, porque não usa-lo? Pois é, foi só usar um dia inteiro para recordar: ele me machucava demais!

Valorizei meus acessórios

Eu sou o tipo de pessoa que usa um acessório até não boder mais, aí aposento eles por um tempo. Nesses 30 dias, eles se tornaram aliados nos dias em que eu queria variar o look.

E aprendi que:

Dá para viver muito bem com menos. Senti falta de alguns queridinhos do armário, que eu propositalmente deixei fora do desafio, mas, valorizei minhas peças e redescobri algumas roupas que eu já tinha.

Obs: sim, comprei uma blusa nova e dei uma sofridinha por que não podia usar.

E você ficaria 30 dias com as mesmas peças?

Hoje, no nosso especial de estilo vamos falar daquelas peças que todo mundo deveria ter no armário. A ideia é o uso de peças adaptáveis em qualquer estilo, fáceis de encontrar e atemporais.

Camiseta branca sem estampa.

Calça preta:

Ela vai ser seu coringa e por isso achar o modelo que te favorece e que você não vai enjoar é a melhor escolha.

Jeans:

Fale  o que quiser mas, um bons jeans pode ser seu melhor amigo.

Tênis branco:

Cada vez mais presente no nosso guarda roupa, o tênis branco tem a vibe do sportwear no dia a dia. Combina com tudo, inclusive com uma saia lápis.

Sapatilha:

Vai chegar o dia em que você quer descer do salto e para isso as sapatilhas são excelentes alternativas, elas podem dar um toque casual ou sofisticado a sua combinação.

Óculos Escuros:

A grande dica aqui é achar um modelo que fique bem para você e torne-se sua assinatura. Procure uma armação a temporal como os modelos clássicos e com lentes clássicas também. Uma hora a moda passa e você fica com um óculos atemporal, ao invés de sofrer com um modelo que cai em desuso.

Blazer preto.

 

Gostou? Comente aqui!

Os acessórios são tudo, ou melhor, quase tudo, eles podem mudar um look, dar uma intenção e flertar com algum estilo e por isso são tema de hoje.

 Na primeira foto o colar dá um peso ao vestido listrado e  na segunda imagem as pulseiras trazem uma inspiração mais boho. Cada acesório que você juntar ao seu look, pode elevar ou derrubar seu estilo e por isso é importante visualizar os looks prontos.

Nesse explo abaixo eu escolhi a pulseira de pedra apra te mostrar que a mesma peça em roupas diferentes dá um ar diferente a cada look. O primeiro vestido é um estampadinho boho e a pulseira dá a ele a continuidade do estilo. Já a segunda ele acrescenta uma cor a um look preto e branco e no ultimo ele dá o destaque ao preto e complementa o visual.

Dica!

Já dizia Coco Chanel: “Antes de sair de casa olhe-se no espelho e tire um acessório.

 

 

 

 

Você já fez seu moodboard e vamos continuar com o nosso processo. Agora chegou a hora de bater o moodboard com a análise do guarda roupa. Vou usar a mesma imagem de ontem, a blusa de rock. Eu tenho uma blusa na mesma pegada, ambas possuem estampas chamativas, cor forte e ficam larguinhas.  Você não precisa ter a peça exatamente igual a do moodboard ela deve ter características em comum com a outra.

 

Montando o look inspirado:

Como já diz bem o título, é uma inspiração e é o momento da sua personalidade extravasar, ou seja mostrar quem é você mesclado com o look de inspiração.

Nesse exemplo eu escolhi a camiseta da comparação, uma calça flaire e a bota por baixo da calça. Meu toque pessoal foram as pulseiras.

No começo você pode ter dúvidas mas, com um pouco de prática esse processo torna-se natural.

Segundo post da SEMANA DO ESTILO.

Chegou o dia em que você vai me perguntar “Qual meu estilo?” . Eu já abordei diversos estilos aqui no blog e você pode ter acesso a eles: clássicominimalismopreppyBoho , Rock, entre outros. Mas meu intuito com essa semana é desenvolver seu estilo pessoal, aquilo que diga eu sou meu estilo! E para isso, vamos desrotular!  Por isso vamos começar com um moodboard, que é uma palavra bem fashionista paradizer  mural de inspiração. Para faze-lo vale tudo: revistas, Pinterest, fotos da internet e livros, não recorte o livro pelo amor de DEUS!

 Comece selecionando as imagens e montando:

 Após esse passo vamos analisar quais são as coisas que chamam suas atenção:

 

A sua primeira análise deve das peças, o que você gosta. A segunda é uma visão do look total, no exemplo a cima, você pode perceber que o que chama atenção na imagem da saia é o equilíbrio do peso. A jaqueta de couro acrescenta um peso  a camisa social que é leve. Já na segunda o equibrio acontece com uma peça justa, a calça, e  uma peça larga, a camiseta.

Dá trabalho fazer uma a uma, mas é essencial para decifrar seu estilo. Quando você acabar esse passo a passo segura firme que amanhã eu vou te dizer como seguir com o plano.

Até lá!

Amanhã, sábado dia 08 de abril, o Poá Amarelo faz um ano! Um ano de muito amor, noites em frente ao computador, trabalho e alegrias. Claro que como toda blogueira iniciante tive dificuldades, e ainda tenho, mas tudo isso é apagado por cada fato bom que acontece. E por isso, nesse post especial quero dividir alguns fatos e acontecimentos do blog:

Poá Amarelo vem de?

A ideia de abrir o blog vem de duas amigas Valentina e Hyacinthe, que me incentivaram a escrever. As duas colocaram a ideia na minha cabeça mas, só depois de uma mensagem da Hyacinthe me perguntando se eu já tinha começado o blog que resolvi realmente faze-lo. Logo depois disso, eu decidi conversar com minha amiga / designer do blog Lari Borges, que topou de cara fazer o design e essa belezura de logo. Só que eu tinha um problema: o nome. E então estávamos na mesa da cozinha dela sentadas por horas, de verdade, e me veio Poá Amarelo. Horas mais tarde ela me chama para conversar e diz: “poá é um circulo, e no nosso caso um circulo amarelo. É o sol”  Pois é leitor(A) não faz sentido para você mas vai fazer agora: Sol é o apelido que a Valentina me deu e por isso caímos para trás quando percebemos a coincidência.

Depois que comecei o blog:

Então comecei o blog, com toda sede e vontade sempre repetindo a você e a quem me perguntasse que o blog é “destinado a todos, que eu quero passar informação de moda, beleza e universo feminino a qualquer pessoa.”. E teve gente que comprou a ideia, como minha orientadora do mestrado Vera Toledo que posta e reposta os posts, minha mãe e muitas amigas dela. Amigos e desconhecidos que começaram a gostar e frequentar o Poá. Tivemos nossa primeira parceria com a Bonton do meu querido amigo Gaston. O que eu não esperava era conhecer gente por meio do Poá e foi assim que a vida trouxe a Maria Alice Ximenes que apareceu em um post aqui, e vai aparecer mais, que me apresentou a Cris Pimentta, uma parceira para a vida, e a Bruna La Serra. Mais um pouco a frente pintou o convite da Marina Marino para escrever para a “Livraria Voo Livre” e lá conheci mais gente.  Alcançamos 1500 curtidas no facebook, 750 no Instagram. E de repente, quando vi eu tinha mudado e tudo tinha mudado.

E chegou a hora da minha mudança:

O caminho já estava traçado, eu queria dar a vocês muita informação e conteúdo. Eu falava sobre beleza e auto estima, eu falava sobre ser você mesma e se encontrar. Mas, ao mesmo tempo eu precisava me encontrar e foi então que eu decidi fazer mais por mim também. Comecei um esporte novo, fiz amigos novos, emagreci. Para mim é importante estar melhor, estar bem e falar com propriedade sobre beleza, auto estima e vida leve. E esse esporte me trouxe gente com a Malu, que eu não largo e nem troco, a Dai e o Dudu. Que são mais que meus professores são meu animo nos dias ruins, a risada no dia bom e a torcida por cada vitória.

O que eu quero dizer?

O Poá é feito de pessoas, a Renata que aparece a cada dia é apenas a escritora, o meio mas, por trás dela tem essa rede feita de amor, carinho e torcida que me leva para frente. Por isso eu não seria a “Renata Esteves do Poá Amarelo”se não houvesse as outras pessoas, se você não estivesse lendo esse texto. E por isso eu só tenho a agradecer. Você, leitor , não precisa fazer uma jornada e se descobrir, emagrecer ou ser adepto de algo por que está na moda. Você precisa fazer suas escolhas, fazer algo por você e sentir se bem consigo.

Mais uma vez obrigada por esse primeiro ano! E vamos rumo ao segundo, terceiro….

Em tempo! Agradecer também a Ana Carolina Zatta, Rafael Pereira, Raíssa Abreu, Sarah Ferreira, a minha familia e a tantos outros que me incentivam todos os dias!

 

A boneca mais famosa do mundo completa hoje, 09 de março, 56 anos. Lançada oficialmente na Feira Anual de Brinquedos de Nova York, a  boneca foi vendida a 3 dólares. O primeiro lote vendeu 340.000 bonecas.

Curiosidades:
  • A primeira boneca adulta, proporções e corpo, era a alemã Bild Lilli e foi nela que a Barbie foi inspirada.
  • A Barbie foi inicialmente vendida loira e morena.
  • A boneca já teve 130 profissões

 

Barbie e a Moda

A boneca sempre flertou com a moda, e Oscar de la Renta foi o primeiro designer a colaborar com uma boneca especial nos anos 1980. De 1980 para cá são mais de 150 designers que participaram de coleções especial e bonecas. Entre eles:

Vida longa a Barbie

 

 

 

 

Feliz ano novo! Dizem que é após o carnaval que o ano realmente começa e o teoricamente hoje é o primeiro dia útil após o carnaval. No final do passado eu dei para vocês algumas folhas para conseguir planejar suas metas,  dois meses já passaram e eu te pergunto como andam suas metas? Se quiser relembrar esse post é só clicar aqui e pegar o material que eu fiz para vocês.  Aproveitando o gancho hoje vou dar algumas dicas para você cumprir algumas das suas metas.

1 . Juntando dinheiro

Essa dica é a que eu uso normalmente, toda moeda de 1 real, 50 e 25 centavos que eu ganho vão para o cofrinho e quando eu menos espero juntei 20 ou 30 reais, que eu troco por notas e guardo. Guardar moedas é algo fácil e por isso funciona e muito.

2. Ir mais a academia.

Essa meta pode ser mais difícil do emagrecer, afinal de contas a preguiça pode ser maior do que qualquer coisa. Assim minha dica é escrever as razões pela qual você quer ir academia, ser mais saudável, emagrecer, conhecer gente nova, tudo é valido essas são as suas motivações. Depois de escritas deixe em algum lugar fácil de visualizar.

3. Ler mais

Se você acompanha o blog sabe que estou em uma meta de leitura paralela, ler 12 livros que estavam parados na minha estante durante o ano, mas para conseguir cumprir eu fiz lista dos livros e uma ordem para ler, um livro pré determinado por mês. Fazer listas me ajudam muito e podem te ajudar! Além disso, deixar o livro ao lado da cama, ou do sofá podem te estimular a ler.

4. Ser mais organizado

Olha o bloquinho da lista passando novamente, toda semana eu faço uma lista daquilo que eu preciso fazer e a ordem das coisas:  urgente, fazer essa semana sem falta, a fazer. Aquilo que é urgente é o que me demanda fazer de imediato e tiro logo da frente, o fazer essa semana sem falta é aquilo que devo cumprir durante a semana, sem algum dia específico e a fazer é algo que posso deixar para o ultimo dia da semana. Parece coisa de louco, mas eu consigo cumprir certinho tudo o que é necessário sem me atrapalhar.

5. Emagrecer

Faça um projeto contemplando aquilo que você precisa para atingir sua meta:  buscar uma nutricionista, entrar na academia, deixar de comer alguma coisa. Uma vez planejado você parte para ação! Planejar é bom mas fazer e acontecer é melhor!

Se jogue nas metas para 2017 de realizações!