Acessórios

Uma Breve História da Joalheria

Da pulseira que você ama ao colar do momento, você sabe a origem da joalheria e as motivações para usa-la? As jóias mais antigas foram encontradas em uma escavação no Egito. Mas, sabemos que a história da joalheria começa bem antes disso.

pexels-photo

Tudo começou na era pré histórica quando conchas, pedras e ossos era usadas para fabricação de peças de adorno que tinham como função determinar o status e proteção.

Na era medieval os materiais determinavam a posição social do homem, ouro, prata e pedras eram usadas pela nobreza. As camadas mais baixas fabricavam suas peças a partir de metais como cobre e estanho. Na renascença os esmaltados entram em cena, aparecendo nas peças de ouro e prata.

Alonso_Sanchez_Coello_001c

 As descobertas arqueológicas que marcam o início do século XIX são as responsáveis pela criação de peças inspiradas no estilo clássico da joalheria antiga grega e romana. Com o avançar dos anos, peças com flores e folhagens começam a tornar-se populares.

A virada do século XX trouxe a grande mudança na joalheria e a introdução da ” Costume Jewelry” ou bijuteria em português. O movimento art nouveau apresenta novos materiais como vidro, chifre e esmalte. Além disso, as flores, frutos e folhas ficam para trás, os temas explorados são entre outros são a morte e o erotismo.

SONY DSC

Em 1920 Chanel cria sua primeira linha de bijuteria usando cristais e vidros. Ao longo dos anos Coco Chanel experimenta a mistura entre pedras e pérolas falsas e verdadeiras, popularizando a ” Costume Jewelry” .

Em 1960  o uso de novos materiais como plástico, papel e tecidos dão inicio a joalheria contemporânea como conhecemos. Inclusive com peças que interagem com o corpo todo.

body-jewelry-pearl-body

renataesteves (2)

 

 

 

 

 

Comente Aqui!