Moda: Para Pensar

Propaganda é a Alma do Negócio

Há tempos ando notando que as publicações de moda encolhem, e são reduzidas sem mudar seus volumes. Como isso acontece? Propaganda! Engana-se caro(a) leitor(a) se você presume que esse fenômeno só acontece no Brasil. Veja só a Vogue francesa no mês de setembro: Detectei 100 páginas de publicidades antes de começar realmente os assuntos da edição. Se você considerar que a revista possui 364 páginas sendo 188  de publicidade o conteúdo verdadeiro é reduzido a 176 páginas.

propEm meio a diversas fotos provocantes e bem pensadas a publicidade acaba se misturando e tirando o foco das matérias. Por outro lado, os editoriais de moda são projetados sem interrupções, 70 páginas de puro conteúdo.

VPSept16

Afinal porque tanta propaganda?

As publicações sempre tiveram em seus anunciantes o apoio financeiro, e é sabido que essas propagandas eram e ainda são muito bem selecionados, faço um parêntesis pois os anunciantes são marcas como Louis Vuitton, Chanel, Dior, entre outras; Com a desaceleração das vendas em papel, os grupos editoriais precisaram abrir mais espaços em suas publicações.

Uma vez dito isso

Pondero que o leitor sim perde o conteúdo. Em seus dias gloriosos a Vogue tinha muito mais do que imagens de moda, lembra da frase de Andy Sachs de ” O Diabo veste Prada” que a publicação continha também entrevistas com pessoas como Christiane Amanpour. Pois é, pura realidade. Em tempos de realities as grandes entrevistas marcam celebridades, atrizes e cantoras do momento. Nada contra mas, é tão lindo ler e se inspirar com reportagens contendo grandes histórias.

E eu com isso?

Os leitores participam de uma nova fase de imprensa, a busca por conteúdos específicos e isso gera os views e pesquisas a blogs fatiados, ou seja, especializados a um conteúdo. E voilá! você se encontra aqui.  A imprensa por sua vez cria seus blogues, suas fatias e participa de tudo isso. É a verdadeira democratização da informação!

renataesteves (2)

Comente Aqui!