Em 2006 o mundo conheceu um filme, baseado em um best seller, intitulado “O Diabo Veste Prada”. Nele uma jovem vai trabalhar em uma grande revista de moda e conhece Miranda Priestly, uma editora de moda exigente e uma chefe terrível! Na vida real, Lauren Weisberger era uma jornalista sonhadora que encarou Anna Wintour figura temida, invejada e admirada pelos fashionista. Na realidade, Wintour carrega consigo o peso da revista de moda mais importante do mundo e de ter descoberto figuras como Marc Jacobs, Gisele Bundchen e John Galliano. Seus feitos vão também de encontro com a publicidade, ela aumentou não só o faturamento de sua revista como o da concorrência, criou uma edição histórica com 840 páginas, tendo ⅓ conteúdo de publicidade. A editora dividiu opiniões ao proibir de Hillary Clinton na revista enquanto ela não abandonasse os ternos azuis, Wintour considera essa peça de roupa brega. Uma de suas excentricidade é não permanecer por mais de 20 minutos em uma festa. Com o lançamento do filme, Anna topou então mostrar sua rotina em um documentário chamado “The September Issue” , disponível na Netflix. O documentário nos dá outra visão dessa mulher, podemos ver como é a direção de uma revista de moda de grande impacto e as cobranças geradas por ela. Amante da marca Prada, Anna é o diabo que muitos gostam.

 

Author

Write A Comment