Author

poaamarelo

Browsing

Olá! Recentemente vídeos com dobras de roupas ganharam a internet, seja por mostrarem métodos simples para dar mais espaço na mala ou por serem viciantes, afinal de contas transformar um edredom de casal para caber em uma mala de mão é mais do que arte: é mágica.

 Quando viajo, separo os looks completos e faço as fotos para que durante a viagem eu tenha os looks dia a dia separados, não preciso pensar no que vou usar e agilizo o processo de me arrumar para aproveitar melhor a viagem.

Dessa vez, pronta para viajar e com a necessidade de montar mais uma mala, resolvi seguir o vídeo abaixo para guardar minhas peças. Assisti umas duzentas vezes e fui reproduzindo o passo a passo para todas minhas peças.

Devo ser sincera, consegui transformar o pesadelo de fazer mala em uma diversão. O método é realmente eficaz, e consegui colocar 2 vestidos, três calças, 4 blusas, 1 pijama em um espaço que anteriormente só coube blusas e 1 vestido. Para minha frustração não consegui dobrar uma das minhas jaquetas e ela foi descartada da viagem por não caber na mala.  Mas, por outro lado, consegui usar o segundo compartimento com roupas íntimas, 1 tênis, 1 casaco grosso para o frio, 1 lenço grande e produtos de higiene pessoal.

Nessa parte da mala encaixei a maioria das peças que estou levando, nota-se que as blusas mais moles ficaram meio desengonçadas com a dobra. Mas, acredito que mais umas duas viagens e estarei craque em dobrar e ocupar melhor os espaços na mala.

 

Olá! Junho está quase acabando e minha rotina de beleza mudou bastante durante esse mês. Começando pelos produtos de pele, mudei o primer, base e pó. Mas, vamos voltar ao início, no final do mês passado minha base acabou e decidi mudar de marca, antes eu usava a Pro Longwear da M.A.C. A cobertura dela era ótima, a cor era certa  e mesmo assim faltava alguma coisa. Com a chegada da Too Faced no Brasil, decidi testar a base sem expectativa.

Confesso que já tive a paleta “Chocolate” e não era muito fã dela, as sombras tinham uma pigmentação fraca e eu acabava não usando muito alguns tons dela.

too faced produtos

Sem base, base e descontente com o primer da Smashbox, fui a Sephora no espírito de experimentar, pedi para testar tudo da Too Faced, admito que o charme da embalagem me encantou. Alguns minutos depois, sai linda e maquiada da loja com a base e o primer de olhos, dias depois acabei voltando para buscar o pó, o primer e o rímel.

Sobre os Produtos

Ambos primers são fininhos e fáceis de aplicar com uma gota consigo cobrir o rosto e os olhos.  A grande vantagem para mim do primer de olhos foi o fato dele não empelotar e a sombra ficar lisinha na pele.  Já o primer de rosto tem uma textura muito  boa, deixa  a pele lisa e sua cor dá uma melhorada visível na pele.

A base “Born this Way” foi uma grande surpresa, com uma alta cobertura sem deixar o rosto com cara de reboque, disfarça marquinhas e manchas. Com duas gotas você consegue fazer o rosto inteiro. Dica! Aplicar com a esponjinha, Beauty Blender e similares, deixa a pele natural com aspecto de maquiagem free.

Eu costumo usar o pó para dar uma leve seladinha no final do processo, para que tudo fique no lugar por mais tempo. Com esse pó senti mais uma vez que a pele fica natural.

Ir a Sephora é uma tentação para mim e quando eu experimentei o batom “matte melted” e o rímel “better than sex” acabei levando para casa. E devo confessar que passei a usar apenas esse batom no dia a dia. O motivo disso é a duração nos lábios, uma das maiores durações até o momento, o fato de não carimbar e nem escorrer.

Mudanças na Maquiagem

Durante a visita a Sephora fui atendida pela Rafaela que me encorajou a experimentar a paleta de sombras da Too Faced Peach Eye Shadow Palette,  sempre quis usar tons alaranjados mas acreditava que não ficava muito bem em mim. Ao contrário da expectativa, os tons selecionados por ela ficaram leves e me deram um up.  Infelizmente a paleta estava esgotada mas, dei um truque  para reproduzir em casa. Apliquei um tom alaranjado da Vice 3 da Urban Decay, que já tinha em casa, de maneira leve por cima de um tom terroso claro, esfumei delicadamente e o resultado você pode ver na segunda foto.

Antes e o Depois

A primeira foto foi feita no final do mês passado na minha rotina anterior de maquiagem e a segunda com os produtos da too faced e a nova forma de me maquiar.

maquiagem tutorial

Esse queridinho do mês foi uma lição para mim: re-testar marcas depois de um tempo.

 

No fim de semana anterior ao dia dos namorados estive em Campos do Jordão, local para descansar, curtir o frio e claro, comer fondue. Alias, para quem gosta do prato posso afirmar que: 99% dos restaurantes servem a iguaria, brincadeiras a parte o prato de origem suíça conquista os visitantes da cidade  e é uma ótima opção para curtir a dois.

A cidade conta com uma arquitetura que mistura a cultura alemã e suíça e nos toma de encanto, seja pelas belezas naturais, quanto pelo clima especial que só campos tem. Quem visita a cidade se apaixona.

O que fazer em Campos do Jordão?

No bairro Capivari, local em que se concentram restaurantes, bares e lojas, você encontra produtos artesanais, vestuário, calçados, produtos em couro, artigos para casa e muitas chocolaterias. Vale a pena entrar em todas as galerias espalhadas pelas ruas pois, as arquiteturas e decorações vão te encantar.  Além disso, fica a dica de uma das minhas lojas favoritas a Inverness, uma portinha entre restaurantes que abriga um mundo composto por meias estampadas, coloridas e divertidas. Entrar na loja é pura diversão!

Campos de jordão

A cidade oferece diversos parques, bosques e passeios turísticos. Você pode fazer um tour pelas fabricas de chocolate e de cerveja, marcos de Campos do Jordão.

Parque Amantikir

Ficamos encantados com o parque, composto por 28 jardins diferentes, o Amantikir é um belo local para se conhecer. A cada jardim, flores diferentes surgem a sua volta e a paisagem vai se alterando como um passe de mágica! O passeio tem duração média de 1h30 mas, você pode tranquilamente passar o dia no parque e desfrutar da natureza. Outra dica é o pôr do sol, conversando com os guias eles indicam o melhor local para aguardar o momento da chegada da noite.

campos de jordão amantikir

Para fechar nosso dia no parque com chave de ouro, fomos premiados pela visão de um lindo balão sobrevoando o parque no meio da tarde.

balão, campos do jordão

 

Passeando por campos a pé encontramos ainda alguns pontos charmosos, como uma loja de decoração vintage pertinho da feira de artesanatos, que logo na porta nos encantou com essa bicicleta antiga. Puro charme.

Campos do jordão

Ultimas dicas:

  • Não tenha medo de explorar a cidade a pé, muito amigável as ruas são tranquilas durante a noite e pudemos fazer passeios noturnos a pé com muita tranquilidade.
  • Se proteja do frio! Gorros, chapéus e cachecóis são muito bem vindos em um frio úmido e com muito vento.

Balanço da viagem

Voltamos mais apaixonados por Campos de Jordão. Nos quatro dias que estivemos por lá, fomos super bem recebidos e descobrimos mais sobre a cidade e a cultura local. Recomendo e não vejo a hora de voltar!

 

 

Depois de muito tempo longe do blog resolvi voltar de outra forma, o Poá Amarelo agora é um blog de lifestyle.

Olá! Estava com muitas saudades de vocês leitor(a). Eu aproveitei férias prolongadas do blog para refletir a respeito dos meus desejos, sonhos e expectativas para o blog. Por isso, resolvi mudar um pouco a forma de conversar com vocês e o conteúdo. No dia a dia ,assim como você, vivo uma correria de trabalho, cursos, saio, viajo, namoro e claro curto aquele filminho em baixo do edredom. Esse novo Poá que surge é um reflexo disso tudo e de um universo de coisas que quero dividir com vocês!  Começo com o “5 coisinhas que eu tenho para te falar” uma coluna semanal com pequenas histórias, dicas e inspirações para dividir contigo.

O layout do blog também mudou, está mais clean, com imagens em destaque e muito amor!

Vamos nessa?

A Copa 2018 Começou

Ontem, 17 de junho, foi o primeiro jogo do Brasil e para torcer decidi fazer uma maquiagem simples mas inspirada no verde e azul:

Para essa maquiagem usei apenas um lápis azul, I – 32,  da Makeup Forever, e dois tons da paleta Vice 3 da Urban Decay. Na pálpebra móvel utilizei  um tom neutro e apliquei o lápis, rapidamente passei as sombras azul e verde por cima. Devo admitir que foi uma inversão improvisada, mas é muito fácil de fazer e você pode reproduzir com um lápis de outra cor, funciona com o branco, azul e verde.

Como queria uma pele mais simples usei o de sempre: corretivo, base, pó e blush.  Para os lábio passei um balm rosa assim, poderia beber e comer tranquilamente. E vocês como se prepararam par ao jogo?

Maquiagem copa

Estou apaixonada por Nó de Amor

Quem está comigo desde 2016 sabe que amo bijuterias e semi joias, por isso quando ganhei algumas peças da Nó de Amor, eu fiquei louca. Esse brinco é meu queridinho do momento, leve, com uma pedra de zircônia e banhado em ródio branco o brinco é uma delicia de usar. Mas, são tantas peças lindas que eu fico alucinada, vale a pena conferir o site e o instagram.

Atenção: Não é publi, a Nó de Amor é de uma grande amiga minha e por isso queria dividir com vocês uma marca que eu confio e conheço.

nó de amor semijoias

Ah! E como que avisa amigo ainda está rolando um desconto de 30% nas peças :

Nesse Friozinho

O tempo esfriou, ainda não é inverno mas, já estamos na época do chá. Ando apaixonada por sabores frutais, sempre que posso escolho entre frutas vermelhas e framboesa.  A grande descoberta que eu tenho para te contar é o sommelier de chá ou seja , o especialista em chá que conhece não só os sabores mas, todo o processo de produção do produto e os ingredientes completos.  O sommelier de chá pode te indicar opções diferentes para experimentar de acordo com o seu paladar, no meu caso descobri o chá verde com jasmim,  e detalhe sem nenhum tipo de adoçante ou açúcar. Com aroma delicado, o chá é leve e saboroso: aquece o coração.

chá

Para terminar…

Amo de paixão o Pinterest, lá eu faço planejamentos malucos de tudo, como será próximo look, as cores do meu próximo quarto, coisas que amo de decoração, busco inspirações para maquiagens e por aí vai. Hoje compartilho com vocês uma pasta nova chamada Inspiração nessa pasta estou colocando novas inspirações de estilo. Vocês vão perceber que ando apaixonada por tons pastel e muita moda francesa.

pinterest

Até Amanhã!

 

 

Pierpaolo Piccioli estilista da Valentino trouxe a tona uma de suas preocupações no ultimo desfile, Paris Primavera 2018, mostrar as pessoas por trás de seu processo criativo. Em uma entrevista a Vogue, Pierpaolo afirmou que odeia a denominação “petite mains” algo como mãozinhas aos trabalhadores das grandes Maisons, em tom sério Piccioli quer abrir os olhos da indústria quem está por trás dos bastidores são pessoas e não mãos. É necessário salientar que para algumas peças, ou a maioria, que são desfiladas nas passarelas de Alta Costura são necessárias centenas de horas e vários artesãos, costureiras e bordadeiras especializados. Por isso, dessa vez ao invés de nomes fictícios, na coleção desfilada no dia 24 de janeiro, cada peça tinha nome de pessoas que as fabricaram.

 

O look Irene foi o ponto alto do desfile, para a revista Vogue, Pierpaolo explicou que foram usadas 700 gotas confeccionadas de gaze e seda por cima de um tule preto. Para construir o look, imagem abaixo, foram necessárias 5 costureiras para dar conta de mais de 1.500 metros de fita de seda que fazem o acabamento do vestido.

Conhecido por ser um sonhador com os pés no chão Piccioli nos demonstra o desejo de mudança nos bastidores das grandes Maisons, agora é esperar para ver se as outras marcas vão se conscientizar e dar passos para que os trabalhadores tenham um espaço igualitário e reconhecido. Também é importante ressaltar que é só um pequeno gesto da Valentino e que ficaremos de olho se algo mudará por dentro da marca.

 

 

 

 

Entra ano e sai ano e a Chanel bate na mesma tecla: O Tweed. O tecido de origem escocesa, geralmente confeccionado de lã e com principal característica a textura áspera, é um marco para a Maison Chanel. Entre outras razões, por ter sido lançado em 1954, ano em que Gabrielle Coco Chanel volta a abrir sua loja na rua Rue Cambon. Nesse ano o primeiro casaco de tweed feminino é desfilado pela marca. Um ano depois Chanel volta a ditar moda com o Chanel Look, composto por terninhos, scarpins pretos, pérolas, botões dourados e a famosa bolsa em martelasse 2.55. O Tweed torna-se então um clássico símbolo da elegância.

No ultimo desfile, o estilista chefe da Chanel Karl Lagerfeld entrelaçou o Tweed ao um desfile despretensioso que de acordo com a estação, primavera 2018, trouxe o frescor e o espírito otimista da estação.

 

Qual desfile da temporada Paris  primavera 2018 você mais gostou? O que gostaria de ver por aqui?

 

 

 

 

 

Nessa etapa, você já escolheu o tema do seu blog, o nome , já o colocou no ar  e tem ideias para seguir em frente. Você já sabe também como escolher suas imagens. E por isso chegou o momento de pensar no texto. Se a imagem é a ilustração do que você fala, o texto é a alma do post, sem ele não é possível sustentar suas ideias.

Who, What, Why, When, Where e How.

Para  construir qualquer texto é necessário responder a essas questões:

Who – Quem? Quem fez a ação ou quem foi parte dela.

What – O Que? O que aconteceu?

Why – Porque?

When – Quando?

Where -Onde? Local do acontecimento

How – Como? Como o fato ocorreu?

Exemplo fictício:

 Netflix divulga data de estreia da 8ª temporada

A Netflix divulgou um vídeo na internet informando a data de estreia da oitava temporada da sua comédia XYZ. O seriado reestreia na grade do streaming na quarta feira 24 de janeiro.

Respondendo as perguntas:

Who – Quem? A Netflix

What – O Que? divulga data de estreia da 8ª temporada

Why – Porque? estreia da oitava temporada da sua comédia YY / o seriado reestreia na grade

When – Quando? quarta feira 24 de janeiro

Where -Onde? na internet

How – Como? um vídeo na internet

Essas perguntas servem para mapear texto e te ajudar a montar um esquema de escrita pensando em uma introdução, um desenvolvimento e uma conclusão. Não importa o tamanho do texto, para escreve-lo é necessário essa reflexão. Com o tempo seus textos passam a ficar automáticos e escrever se transforma em algo mecanizado, porém extremamente prazeroso.

 

Como encontrar assunto?

Você deve estar pensando Renata, eu sei meu tema de blog mas como eu faço para encontrar assuntos para abordar dentro dele? Minha dica aqui é: pesquisa. Pesquise em sites, blogs, revistas, livros sobre o que falar. Depois, comece uma pesquisa mais intensa pela informação.

Exemplo fictício:

Bolsas feitas a mão.

A primeira coisa a fazer é buscar o que você já tem, algum livro de moda, alguma revista e procurar no google termos que possam encontrar o tema: ” bolsas de couro, bolsas manuais, produções de bolsas”, se você falar outra língua pode pesquisar com termos semelhantes. É importante também olhar em sites de museus. Após coletar as informações, chegou a hora de montar seu texto. Responda perguntas e depois molde seu texto com sua voz, ou seja o seu jeito de falar e escrever para que seu texto tenha seu jeito.

Eu tenho o assunto e quero escrever a partir da minha opinião

Renata, eu quero falar sobre um produto / serviço / uma experiência que eu tive. Para esse tipo de texto tente pensar na dúvida que sua leitora pode ter. Se é sobre um batom, por exemplo, ela pode ter dúvida sobre o preço, o cheiro, consistência, embalagem, duração. Além disso, pense em comparações entre o que a fabricante promete e entrega, onde encontrar. O ponto chave aqui é serviço: você está entregando um serviço ao seu leitor. Outra sacada é pensar no por que você comprou o produto, por que você amou ou odiou, se compraria de novo. Tente dar a sua experiência.

 

A melhor dica que eu posso te dar é: A prática leva a perfeição. Por isso, escreva muito.

 

 

 

 

Se tem uma coisa extremamente deliciosa no mundo ela se chama Netflix. Chegar em casa, tomar um banho, relaxar e assistir uma série gostosinha é o programa ideal para as noites. Como uma boa aficionada em séries, hoje eu te dou a dica de Chesapeake Shores uma série deliciosa.

Chesapeake Shores

Baseado na série de livros de Sherryl Wood e produzida pelo Hallmark Channel, Chesapeake Shores conta a história da família O’Brien na cidade fictícia que leva o mesmo nome da série. Acompanhamos a volta a cidade da filha mais velha Mick O’Brien , Abby que recém separada e com duas filhas decide se restabelecer perto do pai e da avô. A chegada na cidade nos apresenta um romance do passado, as irmãs e irmãos de Abby e a volta inesperada de um personagem chave para história.

 

 

Sem Spoiler!

Em Chesapeake conhecemos a família de Abby é composta por duas irmãs Jess, a mais nova,  sonhadora e atrapalhada, que renova uma pequena pousada na cidade. Bree uma escritora em crise existencial, uma das minhas personagens favoritas.  Os irmão Kevin, um militar e Connor um aspirante a advogado. Além disso, temos o pai workaholic Mick e a simpática avó Nell. Abby tem duas filhas pequenas Caitlyn e Carrie. E reencontra Trace Riley, seu amor de adolescência.

Minha opinião

Se eu pudesse eleger meu top 10, esse seriado entraria nele. Leve, com um toque romântico, clima familiar e claro uma paisagem que dá vontade de pegar a mala e o primeiro voo para conhecer Chesapeake Shores. É o tipo de série que não dá para parar de assistir.

5 motivos para assistir
  • 1. Se você ama Once Upon a Time, Abby é vivida pela atriz Meghan Ory que é a Chapeuzinho Vermelho.
  • 2. Se você assim como eu foi adolescente no inicio dos anos 2000 vai pirar quando ver Trace Riley, vivido pelo ator Jesse Metcalfe. Jesse é o John de “Todas contra John.
  • 3. Paisagens! Para dar vida a cidade fictícia, as imagens são gravadas no Canadá. Algumas em Vancouver o que faz a série ter uma das fotografias mais bonitas.
  • 4. Um elenco incrível! Não tem como não se apaixonar pela avó Nell ou não rir das atrapalhadas cenas de Bree e Jess.
  • 5. Emoções! Cheia emoções a cada episódio, sempre dá um gosto de quero mais um episódio.

 

Você encontra a série na Netflix. A Hallmark Channel anunciou a 3 temporada para o meio de 2018! YAY!

 

Qual sua série favorita?

 

 

 

 

Em um ano em que Hollywood é devastada por por tantas acusações, falar sobre os tapetes vermelhos e os melhores looks parece fútil. Mas, a verdade é que as próprias estrelas  do tapete vermelho têm pedido para que a imprensa pare de falar apenas das roupas. Elas estão ali em um momento de reencontro entre colegas de trabalho, reconhecimento de papeis importantes, celebração da carreira e dos filmes/ series e músicas.

Vale a Pena Relembrar:

O costume de perguntar “What are you wearing” / “Who are you wearing?”, traduzindo para o português “O que você está usado” ou Quem você está usando” , começou com a atriz Joan Rivers (1933 -2014) durante uma cobertura de um tapete vermelho para o canal E! Entertainment Televisio em 1999. Joan não tinha ideia do falar com as atrizes, como ela própria confessou no E! para a apresentadora Giuliana Rancic anos depois, e fez a pergunta inocentemente. Depois disso a pergunta virou foco principal das coberturas dos tapetes vermelhos.

De lá para Cá

De que começou a solicitação para que as grandes coberturas falassem sobre outros assuntos, a pergunta anda meio esquecida. É claro que ela ainda é feita mas, muito pouco perto do que já foi. Esse pedido pode ter sido um balde de água fria afinal de contas grandes redes de televisão, como E! e TNT,  investiram em câmeras 360 para que o público pudesse ver em todos os detalhes as roupas de gala.

E o Poá com isso?

Desde que o Poá Amarelo existe, eu faço as coberturas dos tapetes, mas ontem ao assistir o SAG Awards, um dos meus prêmios favoritos, refleti sobre todo esse momento. Será que vale a pena bater na mesma tecla durante tantos anos? Afinal de contas esse tipo de post só contribui desfocar do principal da noite: o reconhecimento do trabalho dos atores, atrizes, diretores e profissionais da área. A maioria dessas roupas sai das passarelas, a cobertura das tendências e dos desfiles já mostram esses looks e dão destaques a eles. Além disso, tantos outros sites e blogs passam a fazer essas coberturas, inclusive ao vivo.

Por isso, o Poá não fará esse tipo de post mas, porém todavia contudo falaremos das premiações. Como? Vamos falar sobre os figurinos. Falaremos sobre figurinos indicados ao Oscar por exemplo.

 

 

 

 

Atire a primeira pedra quem nunca achou a bota UGG horrorosa. Sim, elas não são bonitinhas, porém são extremamente confortáveis e quentinhas para dias frios, isto é se você morar em um país que tenha invernos congelantes. Mas a sua percepção ou melhor percepção mundial dessa bota pode mudar. Isso porque hoje, 17 de janeiro, a marca fez seu debute em uma passarela francesa. As botas apareceram na Paris Fashion Week Men’s, ou semana de moda masculina de Paris em colaboração com a Y/Project. Segundo o diretor criativo da A Y/Project, Glenn Martens as botas UGG “são como colocar seu pé em algo macio e delicioso” e por isso o design apresentado hoje se estendeu para as pernas. Vale lembrar que no dna da Y/Project estão as parcerias inovadoras, criativas e arriscadas. Além disso, para a UGG esse é um momento de celebração, este ano a marca faz 40 anos.